Câmara A+  
A-  
A 
Buscar no site:

Executivo e Legislativo integrados pelo desenvolvimento



Em 28/04/2010 - Executivo e Legislativo integrados pelo desenvolvimento

Na semana de realização da 13ª FELINJU - Feira de Lingerie de Juruaia, nossa reportagem ouviu o prefeito Álvaro Mariano Júnior (PSDB) e o presidente da Câmara, Rodrigo Luis Dias da Silva (PP). Entre os temas, a própria feira, homenagem ao governador Anastasia e questões administrativas.

 

TÍTULO DE CIDADANIA A ANASTASIA E PATRONO DA FELINJU

O governador Antônio Anastasia foi homenageado pela Câmara com o título de cidadania honorária. O presidente Rodrigo garantiu que a homenagem é justa, ressaltando o sucesso da administração pública em Minas Gerais. “Aécio Neves como um político nato e o Prof. Anastasia como um técnico perfeito e inquestionável”, disse. Aécio Neves já foi homenageado pela Câmara de Juruaia através do então vereador João Evaristo. Agora, a homenagem ao governador Anastasia, por indicação do presidente Rodrigo, se deve aos feitos em Minas Gerais e em prol de Juruaia. O vereador entende que tudo que aconteceu de fato político no município se deu através de Aécio Neves como deputado federal e governador, bem como através de Anastasia como governador. Recursos significativos estão sendo liberados para o município. “É uma visita histórica para Juruaia”, disse.

Anastasia também participa da abertura oficial da 13ª FELINJU, sendo o Patrono do evento em 2010. O prefeito Alvinho confessou sua emoção e satisfação. Até porque foi a primeira vez que um governador de Estado esteve no município. Acrescentou que a “porta de entrada” de tudo é Aécio Neves, devido à convivência como o mesmo desde 1990 como deputado federal e depois como governador. A aproximação aconteceu, inclusive com Anastasia como Secretário e depois como vice-governador, beneficiando diretamente o município de Juruaia. “O governo de Minas esta vendo Juruaia com bons olhos”, disse.

PREFEITURA E CÂMARA APOIAM A 13ª FELINJU

O prefeito Alvinho comentou que neste ano o evento é inovador, apresentando grandes novidade. Destacou a organização através da ACIJU (Associação Comercial) e valorizou o empenho dos empresários. A administração municipal (prefeitura e Câmara) também participa, fazendo um repasse financeiro significativo. Haverá uma economia de aproximadamente R$ 130 mil, pois a feira voltou a ser realizada no galpão de eventos na entrada da cidade.

O vereador e empresário Rodrigo revelou que em 2009 a administração municipal investiu R$ 100 mil em dinheiro no evento, sendo R$ 70 mil da prefeitura e R$ 30 mil através da Câmara. Neste ano, o investimento é de R$ 60 mil pela prefeitura e Câmara com R$ 15 mil (totalizando R$ 75 mil). Mas vale destacar também outros tipos de ações, como empenho de servidores municipais, combustível, reforma e pintura de galpão, eletrificação, pintura de meio fio e operação tapa buracos. Na visão do presidente da Câmara, a parceria com a administração pública municipal é fundamental para a realização e sucesso do evento. Neste ano, também existe a parceria com o governo de Minas, que investirá R$ 100 mil pós feira através de patrocínio.

Prefeito e vereador valorizaram o empenho e competência da ACIJU, através da presente Izabel Cristina Gonçalves (“Dedel”) e equipe: João Carlos Iório, Tânia, Márcio Del Valle, Raquel, Leandro, Fernando, Daniel, Júnior e outros.

 

CONQUISTA DE RECURSOS E RECAPEAMENTO DE RUAS

 

Nesta semana, a administração municipal realizou um serviço de tapa buracos nas ruas da cidade. Mas, segundo o prefeito Alvinho, a expectativa é um investimento ainda maior. Alguns recursos já foram liberados e outros serão liberados, provavelmente no mês de maio. O município esta sendo beneficiado com a construção da sede do CRAS - Centro de Referência de Assistência Social, Farmácia de Minas, mais uma unidade do PSF - Programa Saúde da Família e quadra esportiva para o bairro Mata do Sino. Todas essas obras devem ser iniciadas, provavelmente no mês de maio.

O município foi atendido com recursos de R$ 519 mil e já foram iniciadas as obras na antiga escola Eduardo Senedese, que será transformada num moderno Centro de Saúde.

Também estão sendo alocados recursos para um amplo serviço de recapeamento das ruas da cidade. A intenção é atender 100% das ruas com recapeamento e implantação do asfalto nos locais que ainda não contam com a melhoria. A expectativa da administração é conseguir alocar recursos da ordem de R$ 1.200.000,00.

O presidente da Câmara relatou que o deputado federal Geraldo Thadeu (PPS) destinou recursos de R$ 150 mil para obras de infraestrutura. Também existe o compromisso do deputado federal José Santana (PR) de viabilização de R$ 200 mil, também para obras de infraestrutura no município. Os dois deputados também confirmam recursos de R$ 170 mil para implantação de um projeto de informática, interligando os prédios públicos do município.

 

OBRAS NA RODOVIA PARA SÃO PEDRO DA UNIÃO

 

A empreiteira Pavidez esta dando continuidade às obras de asfaltamento da rodovia entre Juruaia e São Pedro da União, além do trecho entre Juruaia e a rodovia Muzambinho/Nova Resende. O prefeito falou com satisfação da importante conquista. Informou que as obras estão em pleno andamento e a expectativa é a conclusão dos três primeiros quilômetros nos próximos dias no trecho entre Juruaia e a rodovia Muzambinho/Nova Resende. Porém, a equipe da Pavidez também trabalho com intensidade no outro trecho, ligando o município a São Pedro da União. O investimento é de R$ 22 milhões, através do PRO ACESSO, contemplando obras em 21 km de estrada.

O vereador Rodrigo também falou sobre as obras e considerou uma grande conquista para o município e todo Sul de Minas. Entende que a estrada vai significar maior desenvolvimento para os municípios de Juruaia, São Pedro da União, Muzambinho e Nova Resende. Acrescentou que o trabalho esta sendo reconhecido com a homenagem ao governador Anastasia.

 

PROCESSOS DE REVISÃO DO INSS TRAVAM INVESTIMENTOS

 

O presidente da Câmara revelou que a cada semana o município recebe um processo de revisão do INSS. São vários parcelamentos de débitos e esta situação, segundo o vereador, esta “travando” os investimentos. Os débitos são relativos a vários governos. “Estamos nos deparando a cada dia com um parcelamento e uma dívida diferente. É desgastante participar de uma administração com tantos problemas passados”, disse Rodrigo. Mesmo assim, declarou que existe total empenho no sentido de fazer o melhor por Juruaia, vencendo os muitos desafios. Através da organização da prefeitura será possível viabilizar os recursos tão importantes para o desenvolvimento do município.

 

VENDA DO TERRENO DA PISCINA E CRÉDITOS A EDSON PONTE PRETA

 

O tema mereceu muita polêmica nos últimos anos e o projeto foi recentemente aprovado pela Câmara. A área vai compreender 17 terrenos, com aproximadamente 220 mts2 cada. O leilão deverá estabelecer um valor em torno de R$ 1 mil o metro quadrado. O valor total deverá chegar a R$ 3.400.000,00. Para o vereador, a venda do terreno representa uma grande oportunidade de investimentos significativos no município. “A Câmara deu condição para que isso aconteça”, disse. Em seguida, o presidente valorizou a postura do vereador Edson Ponte Preta. Para ele, um vereador injustiçado pelo grupo de oposição. “O Edson teve coragem de ir contra à vontade de um partido e de um prefeito que quis vender o terreno da piscina anteriormente, mas que não teve a humildade de conversar com a Câmara”, disse. Dizendo que o ex-prefeito fez pressão contra o vereador, Rodrigo acrescentou: “O Edson teve autonomia, a convicção de que estava fazendo o certo e votou em favor do povo de Juruaia”.

O prefeito Alvinho também valorizou a postura do vereador Edson. Principalmente, porque não houve pressão por parte do grupo do atual governo e pensando apenas no desenvolvimento do município. Em seguida, anunciou ações que deverão ser executadas com os recursos oriundos da venda do terreno da piscina. Citou a construção do Centro de Lingerie, investimentos nas áreas de habitação, educação e infraestrutura. Tudo deverá ser feito com total transparência, atendendo necessidades primordiais para o município.

 

FONTE: A folha regional.